Placar do Impeachment

Senadores votarão, no fim de agosto, julgamento que definirá situação da presidente afastada Dilma Rousseff. Veja como foi cada votação do processo

DEPUTADOS FEDERAIS
COMISSÃO SENADO: ADMISSIBILIDADE
SENADO PLENÁRIO: ADMISSIBILIDADE
COMISSÃO SENADO: PARECER
SENADO PLENÁRIO: PARECER
SENADO PLENÁRIO: JULGAMENTO
Senadores:

A FAVOR:

55

CONTRA:

20

NÃO OPINOU:

6
NECESSÁRIOS 54
Filtre:
Partidos
DEM
PCdoB
PDT
PMDB
PP
PPS
PR
PRB
PSB
PSC
PSD
PSDB
PT
PTB
PTC
PV
REDE
S/Partido
Estados
AC
AL
AM
AP
BA
CE
DF
ES
GO
MA
MG
MS
MT
PA
PB
PE
PI
PR
RJ
RN
RO
RR
RS
SC
SE
SP
TO
Indicação
A favor
Contra
Não opinou
NOME PARTIDO UF INDICAÇÃO À ENQUETE DO GLOBO

Acir Gurgacz

PDT RO Não opinou

Aécio Neves

PSDB MG A favor

Aloysio Nunes Ferreira

PSDB SP A favor

Alvaro Dias

PV PR A favor

Ana Amélia

PP RS A favor

Angela Portela

PT RR Contra

Antonio Anastasia

PSDB MG A favor

Antonio Carlos Valadares

PSB CE A favor

Armando Monteiro

PTB PE Contra

Ataídes Oliveira

PSDB TO A favor

Benedito de Lira

PP AL A favor

Cássio Cunha Lima

PSDB PB A favor

Cidinho Santos

PR MT A favor

Ciro Nogueira

PP PI A favor

Cristovam Buarque

PPS DF A favor

Dalirio Beber

PSDB SC A favor

Dário Berger

PMDB SC A favor

Davi Alcolumbre

DEM AP A favor

Edison Lobão

PMDB MA A favor

Eduardo Amorim

PSC SE A favor

Eduardo Braga

PMDB AM A favor

Eduardo Lopes

PRB RJ A favor

Elmano Férrer

PTB PI Contra

Eunício Oliveira

PMDB CE A favor

Fátima Bezerra

PT RN Contra

Fernando Bezerra Coelho

PSB PE A favor

Fernando Collor

PTC AL Não opinou

Flexa Ribeiro

PSDB PA A favor

Garibaldi Alves Filho

PMDB RN A favor

Gladson Cameli

PP AC A favor

Gleisi Hoffmann

PT PR Contra

Hélio José

PMDB DF A favor

Humberto Costa

PT PE Contra

Ivo Cassol

PP RO A favor

Jader Barbalho

PMDB PA Não opinou

João Alberto Souza

PMDB MA Não opinou

João Capiberibe

PSB AP Contra

Jorge Viana

PT AC Contra

José Agripino

DEM RN A favor

José Anibal

PSDB SP A favor

José Maranhão

PMDB PB A favor

José Medeiros

PSD MT A favor

José Pimentel

PT CE Contra

Kátia Abreu

PMDB TO Contra

Lasier Martins

PDT RS A favor

Lídice da Mata

PSB BA Contra

Lindbergh Farias

PT RJ Contra

Lúcia Vânia

PSB GO A favor

Magno Malta

PR ES A favor

Maria do Carmo Alves

DEM SE A favor

Marta Suplicy

PMDB SP A favor

Omar Aziz

PSD AM A favor

Otto Alencar

PSD BA Contra

Paulo Bauer

PSDB SC A favor

Paulo Paim

PT RS Contra

Paulo Rocha

PT PA Contra

Pedro Chaves dos Santos

PSC MS A favor

Raimundo Lira

PMDB PB A favor

Randolfe Rodrigues

REDE AP Contra

Regina Sousa

PT PI Contra

Reguffe

S/Partido DF A favor

Renan Calheiros

PMDB AL Não opinou

Ricardo Ferraço

PSDB ES A favor

Roberto Muniz

PP BA Contra

Roberto Requião

PMDB PR Contra

Roberto Rocha

PSB MA A favor

Romário

PSB RJ A favor

Romero Jucá

PMDB RR A favor

Ronaldo Caiado

DEM GO A favor

Rose de Freitas

PMDB ES A favor

Sérgio Petecão

PSD AC A favor

Simone Tebet

PMDB MS A favor

Tasso Jereissati

PSDB CE A favor

Telmário Mota

PDT RR Não opinou

Valdir Raupp

PMDB RO A favor

Vanessa Grazziotin

PCdoB AM Contra

Vicentinho Alves

PR TO A favor

Waldemir Moka

PMDB MS A favor

Wellington Fagundes

PR MT A favor

Wilder Morais

PP GO A favor

Zeze Perrella

PTB MG A favor

CRÉDITOS: O GLOBO

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Foragido há sete meses, prefeito de Belém de Maria se entrega à polícia

Gestor seria líder de grupo suspeito de desviar R$ 100 milhões da prefeitura.
Valdecir José ainda é suspeito de fraude em licitações e lavagem de dinheiro.

Do G1 Caruaru

Prefeito de Belém de Maria está foragido há seis meses, desde janeiro deste ano (Foto: Reprodução/TV Globo)Prefeito de Belém de Maria estava foragido há sete meses, desde janeiro deste ano (Foto: Reprodução/TV Globo)

O prefeito de Belém de Maria, Valdecir José da Silva (PSB), se entregou à polícia na noite da terça-feira (30) no Recife. Ele estava foragido há sete meses suspeito de chefiar um grupo criminoso responsável por desviar R$ 100 milhões da Prefeitura de Belém de Maria, Mata Sul de Pernambuco.

Por telefone, o G1 conversou com o advogado de defesa do prefeito, Piero Sial. Ele informou que Valdecir José se entregou “de livre e espontânea vontade após firmar acordo com o Ministério Público de Pernambuco, por meio do promotor Frederico Magalhães.”. O advogado ainda destacou que o próximo passo é provar a inocência do gestor. O G1 tentou entrar em contato com a Prefeitura e a Câmara de Vereadores de Belém de Maria, mas as ligações não foram completadas. O G1 ainda solicitou um posicionamento da prefeitura por e-mail, mas ainda não recebemos resposta.

Ao G1, o promotor de Justiça Frederico Magalhães, que investiga o suposto grupo criminoso liderado por Valdecir José desde novembro de 2015, informou que o gestor do município foi levado para o Centro de Triagem e Observação Criminológica Professor Everaldo Luna (Cotel), em Abreu e Lima. “A organização criminosa só existia em função e por causa dele [prefeito]. Todo o esquema não seria possível sem ele”, destacou o promotor.

O Ministério Público estadual (MPPE) e a Polícia Civil procuravam o prefeito desde 23 de janeiro deste ano.. Após o “desaparecimento” do investigado, a vice-prefeita Maria Amalia Silva assumiu a administração do município por determinação da Justiça. Ela também éuma das investigadas na “Operação Pulverização”.

A investigação do Ministério Público foi destaque no quadro “Cadê o dinheiro que tava aqui?”, do Fantástico, na Rede Globo.

‘Operação Pulverização’
Durante as ações, foram expedidos 13 mandados de prisão. Cinco vereadores e um funcionário da prefeitura de Belém de Maria foram presos durante a segunda fase da Operação Pulverização. Foram presos o presidente da Câmara de Vereadores, José Jairo Leonildo de Brito, e os parlamentares Jailson José da Silva, Josival Carlos dos Santos, Antônio José da Silva e Carlos José Soares – segundo a Polícia Civil informou à época.

O procurador e coordenador do Gaeco –  vinculado ao MPPE -, Ricardo Lapenda Figueiroa, explicou que as investigações começaram com a promotoria de Palmares. “No primeiro momento foram descobertas algumas empresas fantasmas. Foram quebrados sigilos fiscais e na análise inicial havia o desvio de R$ 3 milhões. […] O valor já passa dos R$ 9 milhões”.

Primeiras prisões
Um secretário de finanças e mais seis pessoas foram presas no dia 19 de novembro de 2015. A ação do MPPE e da Polícia Civil buscou suspeitos de criar empresas fantasmas, lavar dinheiro e fraudar licitações. Na época, quatro suspeitos foram localizados em Água Preta, um em Catende, um em Palmares e outro em Caruaru.

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

PF prende dez suspeitos de tráfico internacional e contrabando de armas

Operação Minotauro foi deflagrada em Pernambuco e mais quatro estados.
De acordo com a PF, 130 homens, sendo 43 em PE, participam da ação.

Do G1 PE

Polícia deflagra Operação Minotauro em Pernambuco e outros quatro estados (Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press)Polícia deflagra Operação Minotauro em Pernambuco e outros quatro estados (Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press)

A Polícia Federal em Pernambuco deflagrou, na manhã desta quarta-feira (31) uma ação para desarticular organizações criminosas suspeitas de envolvimento em tráfico internacional de cocaína e maconha e de contrabando de  armas de uso restrito. São alvo da ‘Operação Minotauro’ grupos que atuam em Pernambuco, Paraná e Mato Grosso do Sul.

De acordo com a PF, 130 homens, sendo 43 em Pernambuco, estão atuando na ação. Até as 10h30, eles cumpriram dez mandados de prisão de um total de 12. Estavam previstas três capturas em Pernambuco, cinco no Paraná, uma em Mato Grosso do Sul, uma na Paraíba e duas na Bahia. A polícia ainda não informou quantos foram cumpridos em cada estado. Há dois foragidos.

Além disso, os policiais fazem buscas e apreensões em cinco estados: Pernambuco, Paraná, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Santa Catarina, totalizando 21 mandados. Todos eles foram expedidos pela 13ª Vara Federal – Seção Judiciária de Pernambuco no interesse de inquérito policial em tramitação na Superintendência Regional de Policia Federal em Pernambuco.

Logo no início da operação os agentes federais apreenderam duas caminhonetes S-10, um Jetta, uma Land Rover, um Gol, uma Hilux, um Ônix e uma motocicleta Honda Hornet CB600, avaliados em R$ 500 mil.

Os presos, após os indiciamentos e interrogatórios, serão apresentados à Justiça Federal para audiência de custódia e em seguida serão submetidos a exame de corpo de delito e encaminhados para o Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, no Grande Recife. Quanto aos investigados presos em outros estados, serão indiciados e interrogados na correspondente unidade da Polícia Federal e oportunamente transferidos para Pernambuco, onde permanecerão à disposição da Justiça Federal.

A Justiça também determinou o sequestro de bens e bloqueio de contas bancárias, além de quatro conduções coercitivas destinadas a pessoas supostamente relacionadas ao processo de lavagem de dinheiro. Entre eles estão titulares de contas bancárias de pessoas físicas e jurídicas com vultosa movimentação financeira.

PF cumpre mandados da Operação Minotauro no Recife (Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press)PF cumpre mandados da Operação Minotauro no Recife (Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press)

Início
As investigações  começaram  em 2015, com a identificação de remessa de 1.257 quilos de maconha de origem paraguaia para Pernambuco. A droga era remetida pela organização criminosa estabelecida no Paraná. O pagamento era feito em espécie, depósitos bancários e repasse de automóveis.

No curso das investigações foram apreendidas aproximadamente 4 toneladas de drogas das organizações criminosas investigadas. As apreensões ocorreram nos estados de Minas Gerais em setembro de 2015, Alagoas em novembro de 2015, Pernambuco em março de 2016 e no Paraná em maio de 2016 (causando um prejuízo na cifra de R$ 5 milhões).

A adoção de práticas violentas, como meio de persuasão e retaliação, envolvendo ameaças de morte, lesões corporais gravíssimas e até mesmo homicídios também foram identificadas no curso das investigações.

Os integrantes da organização serão responsabilizados criminalmente pela prática dos crimes de associação e tráfico internacional de drogas, lavagem de dinheiro e por constituir e integrar a organização. Penas que, se somadas, em caso de condenação, podem chegar a 65 anos de reclusão para cada um dos envolvidos.

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Apagão afeta distribuição de água em várias cidades do Sertão

COMPESA I

O apagão registrado esta terça-feira no Estado afetou a distribuição de água em várias cidades do Sertão do Pajeú por conta de problemas ocasionados nos principais sistemas de distribuição. Segundo o chefe de Distribuição da Compesa, Washington Jordão, o apagão afetou as Adutoras do Pajeú e Zé Dantas, responsáveis pelo abastecimento de várias cidades.

No caso da Adutora Zé Dantas, que explora poços em Fátima, município de Flores, todo o sistema foi afetado. Em relação a Adutora do Pajeú, a pane foi registrada na Estação Elevatória 3, entre Serra Talhada e Floresta. Assim, várias cidades a partir de Serra Talhada estão em colapso na distribuição.

Antes, algumas cidades já estavam com problemas na distribuição. Afogados da Ingazeira e Tabira, por exemplo, já vinham sofrendo com panes na Adutora do Pajeú e recentemente, na ETA Afogados.

Uma falha em uma linha de transmissão da Eletronorte no Tocantins, nesta terça-feira (30), causou oscilações no fornecimento de energia elétrica em todo o estado e afetou as regiões Norte e Nordeste do país, inclusive no Estado.

Segundo informações da Energisa (companhia de energia no Tocantins), o problema foi causado por queimadas próximo da rede. O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) informou que 12 estados tiveram o fornecimento prejudicado.

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Impeachment de Dilma não irá salvar Brasil, diz imprensa estrangeira

dilma2

G1

No dia em que o Senado deverá aprovar o impeachment de Dilma Rousseff, jornais no exterior destacam que o afastamento definitivo da presidente está longe de resolver os problemas do país.

Para o jornal americano The Washington Post, o longo processo de impeachment, que se estende por nove meses, pode servir apenas para “alienar mais ainda eleitores desencantados com o sistema político”.

A publicação afirma que o processo desorganizou a esquerda no país – como exemplo disso, cita a baixa adesão aos protestos pró-Dilma em Brasília nesta semana e a postura “desapaixonada” de congressistas do PT em defesa da presidente afastada.

O jornal aponta que o presidente interino, Michel Temer, se revelou tão impopular quanto Dilma – segundo pesquisa Ibope de julho, apenas 13% dos brasileiros consideravam o governo bom ou ótimo.

Diz ainda que o atual processo expôs fraquezas no sistema político do país, em que o presidente depende de acordos com “inúmeros partidos sem ideologia clara”, em arranjos que “incentivam a corrupção”.

Para a publicação americana, um “vácuo de poder” está se abrindo na política nacional – e sendo preenchido por siglas menores de esquerda e candidatos evangélicos.

Incerteza na economia: Em texto sobre as perspectivas econômicas do país, o Wall Street Journal afirma que “investidores podem estar dando muito crédito a políticos do país e desconsiderando os problemas”.

O diário lembra que o real se apreciou mais de 8% ante o dólar – é a moeda que mais se valorizou no mundo neste ano – e o Ibovespa avançou 9,9% desde o afastamento provisório de Dilma em maio, mas desde então Temer “fez muito pouco” para enfrentar o rombo nas contas públicas do país.

Afirma que propostas neste sentido – como uma possível reforma da Previdência e um limite constitucional aos gastos públicos – provavelmente não passarão no Congresso, enquanto as “primeiras ações” de Temer no cargo vão em sentido oposto: carência a Estados endividados com a União e “aumentos para servidores públicos muito bem pagos”.

“É difícil imaginar uma medida pior”, disse ao jornal Marcos Lisboa, ex-secretário de Política Econômica no governo Luiz Inácio Lula da Silva e diretor-presidente do centro de ensino e pesquisa Insper.

Em texto de opinião na revista Fortune, João Augusto de Castro Neves, diretor de América Latina da consultoria Eurasia Group, diz que o impeachment não irá solucionar “meses de turbulência política e econômica”.

O consultor descreve a permanência, no Brasil, de um cenário de “tempestade perfeita”: economia global menos favorável, recessão profunda, desequilíbrio fiscal, escândalo de corrupção em curso e o usual embate político.

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

APAC ALERTA PARA BAIXA UMIDADE DO AR EM SANTA TEREZINHA.


Os moradores das cidades do Sertão pernambucano devem enfrentar nos próximos dias os problemas gerados pela baixa umidade do ar. A Agência Pernambucana de Águas e Climas (Apac) divulgou um alerta neste final de semana com os cuidados a serem tomados nesse período.
O motivo para a queda na umidade do ar na região é a presença de uma massa de ar seco que se instalou sobre o Estado e está inibindo a formação de nuvens, propiciando temperaturas elevadas e valores muito baixos de umidade relativa do ar. Os menores valores foram registrados nas cidades de Serra Talhada (15%) e Ouricuri (16%).
De acordo com a Apac, a umidade relativa do ar deve atingir valores abaixo de 20% no período da tarde em grande parte do Sertão nos próximos dias, com temperaturas acima de 34°C. Esse cenário quente e seco propicia complicações alérgicas e respiratórias devido ao ressecamento de mucosas, além de sangramento pelo nariz, ressecamento da pele, irritação dos olhos, eletricidade estática nas pessoas e em equipamentos eletrônicos, e o aumento do potencial de incêndios em pastagens e florestas.
Medidas evitam problemas de saúde gerados pela baixa umidade do ar
A agência orienta que, em momentos em que a umidade relativa do ar estiver entre 20 e 30%, as pessoas devem evitar exercícios físicos ao ar livre das 11h às 15h, umidificar o ambiente através de vaporizadores, toalhas molhadas, recipientes com água e molhamento de jardins, por exemplo, além de, sempre que possível, permanecer em locais protegidos do sol, em áreas vegetadas e consumir água à vontade.
Já quando a situação fica entre 12 e 20% o quadro é considerado de alerta e os moradores dessas áreas devem evitar exercícios físicos e trabalhos ao ar livre das 10h às 16h, não se expor a aglomerações em ambientes fechados e usar soro fisiológico para olhos e narinas.
Com índices abaixo dos 12% devem ser somados aos cuidados anteriores as seguintes orientações: suspender atividades que exijam aglomerações de pessoas em recintos fechados como escolas, cinemas, entre outros, no período entre 10h e 16h e reforçar a umidade dos ambientes durante as tardes, principalmente quarto de crianças e hospitais.
Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Zika causa surdez em quase 6% dos bebês de mães infectadas, diz Fiocruz

Estudo examinou 70 bebês com microcefalia.
Vírus entrou para a lista de infecções na gravidez que podem causar surdez.

Da Reuters

Mosquito Aedes aegypti, transmissor do vírus da zika, em laboratório de Campinas, em São Paulo (Foto: Paulo Whitaker/File Photo/Reuters)Mosquito Aedes aegypti, transmissor do vírus da zika, em laboratório de Campinas, em São Paulo (Foto: Paulo Whitaker/File Photo/Reuters)

Um estudo no Brasil com 70 bebês de mães que contraíram o vírus da zika registrou que quase 6% teve perda de audição, acrescentando o problema à lista de doenças que o vírus pode causar quando mulheres são infectadas durante a gravidez.

O estudo brasileiro, publicado nesta terça-feira (30) no relatório semanal sobre mortes e doenças do Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos, confirmou relatos menos rigorosos sobre surdez entre bebês nascidos de mães infectadas pelo o vírus da zika, que é transmitido pelo mosquito Aedes aegypti.

A descoberta é parte de um esforço para caracterizar de forma total as possibilidades que o vírus pode causar durante a gravidez. Ele é mais conhecido por causar microcefalia, mas outros estudos indicam que pode provocar outras anomalias cerebrais, problemas de visão e alterações nas juntas.

No estudo mais recente, uma equipe liderada pela doutora Marli Tenório e pelo doutor Ernesto Marques, da Fundação Oswaldo Cruz dePernambuco, examinou registros de 70 bebês com microcefalia, cujas mães tiveram infecções confirmadas durante a gravidez.

Os pesquisadores descobriram que quase 6% dos bebês tiveram perda de audição sem qualquer outra causa plausível.

Diversas outras infecções virais durante a gravidez podem causar perda de audição, incluindo rubéola e citomegalovírus, ou CMV. O estudo recente acrescenta a zika à lista.

Cientistas dizem que o vírus da zika agora pode ser considerado fator de risco para perda de audição, e crianças que foram expostas durante a gravidez e apresentam audição normal devem ser checadas regularmente para perda progressiva de audição.

A ligação entre o vírus da zika e microcefalia foi descoberta no Brasil no ano passado e já há mais de 1.800 casos confirmados.

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário